{ do desafio }

Hoje vou desafiar os homens que por aqui passam, para me ajudarem com estas técnicas de auto-defesa. 

- Quem é o primeiro amigo que se voluntariza ? 😆

 {  Crónica Feminina-1979 }



A revista "Crónica Feminina" foi um dos grandes ícones dos anos 60 e um marco editorial da já extinta Agência Portuguesa de Revistas, de Aguiar e Dias. O primeiro número foi publicado a 29 de Novembro de 1956, sendo dirigida por Milai Bensabat (directora e editora) e como chefe de redacção a Maria Carlota Álvares da Guerra.
Em formato de bolso, 16,7x12 cm, apresentava a capa colorida, litografada, e o interior num característico tom de sépia. A cor estendia-se também por algumas páginas de anúncios, quase sempre em papel de melhor qualidade.
A revista, virada essencialmente para a classe média,  vivia fundamentalmente de temas queridos às mulheres de então, nomeadamente assuntos de sociedade, do espectáculo, do cinema, da rádio e TV, culinária, moda, lavores, o correio sentimental e mais tarde a popular foto-novela, que se acompanhava avidamente semana após semana.
Para além de tudo quanto se possa dizer sobre a "Crónica Feminina", apesar das restrições conservadoras e próprias do estado do regime, foi sem dúvida um meio de comunicação que chegou a milhares e milhares de mulheres, da cidade e aldeias e até no ultramar, às quais ajudou a transmitir e a moldar todo um espírito de conhecimento e mentalidade de abertura e modernidade tão característico dos anos 60.
A revista conheceu os seus tempos áureos na década de 60 mas prolongou-se pelos anos 70. Depois de já ter terminado, ainda houve uma tentativa de retomar o título, creio que no início dos anos 80, mas, já inserida num mercado forte e diversificado, teve pouco êxito, não conseguindo impor-se, pelo que terminou pouco depois.



Comentários

  1. eh eh eh eh..... andas a praticar, Fê?! :)))

    ResponderEliminar
  2. Querida amiga muita paz e amor ,nada de violências kkkkkk,pois não deve ser nada fácil ser atingido na virilha ,mas certamente bem merecido para quem ataca uma mulher ,de mim querida amiga lhe deixo apenas esta palavra que certamente enaltece acima de tudo o ser humano que tem pelo seu semelhante ,beijinhos no coração.

    (¸¸.♥➷♥•*¨)¸.•´¸.•*¨) ¸.•*¨)
    (¸.•´(¸. ¸.•´¸.•*¨) ¸.♥➷•*¨)
    ─▀██▀─▄███▄─▀██─██▀██▀▀▀█─
    ──██─███─███─██─██─██▄█──
    ──██─▀██▄██▀─▀█▄█▀─██▀█── ♥➷♥
    ─▄██▄▄█▀▀▀─────▀──▄██▄▄▄█
    ¸.•´¸.•*¨) ¸♥.•*¨) (¸.•´¸♥➷♥¸.•´♥¸.•´♥¸.•*¨)♥.•*¨)¸.•*♥¸

    ResponderEliminar
  3. Ehehehehe... Oh, Prima Fernanda e tu acreditas que aparece algum voluntário?

    Acho que nem à força! :))

    Lembro-me bem da Crónica Feminina, dos anos sessenta.

    Vou ficar de olho neste post, para aquilatar da coragem masculina! :))

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Prima Fê.....
    O que te deu?
    Venho eu às carreiras para ler um poema e deparo-me com uma chamada de presença para homens? Prima, bateste com a cabeça onde? Na esquina doarmário da cozinha?
    Olha eu podiamandar um camião deles mas prefiro ficar quieta
    Kis :=]}

    ResponderEliminar
  5. A aprender truques de defesa pessoal? Destes não vale a pena. Os tipos de agora, só atacam de arma na mão.
    Se se aproximam um pouco é para nos espetarem uma faca no corpo. Sabe que uma faca não é considerada da mesma maneira em termos de pena do que um punhal, uma navalha ou um estilete? É verdade, uma faca na nossa lei não é considerada arma branca. É um utensílio de uso doméstico.
    Lembro-me bem da Crónica feminina. Aliás no meu conto "Casamento por procuração" usei a foto de um número dessa revista.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. Algumas imagens só de olhar já dão dores :)))
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Oi Fê te adoro viu?
    Passando para lhe desejar que a semana esteja a flui belamente,kkkkk
    Bjs amiga e que Deus nos proteja destas artes.

    ResponderEliminar

  8. Sé que la intención es presentar una página de humor, y la verdad, lo consigue porque a mi me ha hecho sonreír abiertamente y casi he llegado a reirme ante la idea de que es una lástima que no se les haya enseñado nunca a las niñas en los colegios. Es posible que un buen número hubiera salvado la vida, esas vidas que se siguen perdiendo...

    Es bueno tomarse las cosas con humor, una risa es siempre la mejor crema contra las arrugas del alma.

    He venido a darle las gracias por sus amables palabras y con la intención de copiar el link de su blog para no perderme nada de lo que vaya publicando. ¿Está de acuerdo? Si usted no lo quisiera, por favor, dígamelo y lo tendré muy en cuenta.

    Saludos muy afectuosos y cordiales.

    ResponderEliminar
  9. Bom dia, a teoria é uma coisa, a realidade é outra, a melhor defesa é uma pistola só para assustar.
    Continuação de boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
  10. Olá Fê
    Nem ataque nem defesa te posso ajudar, eu acredito mais em peace and love.
    Bela recordação dessa revista que li e reli tantas vezes.

    Beijinhos Fê

    ResponderEliminar
  11. Loool, gostei da postagem :-)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Auto-defesa que todas nós deveríamos aprender.rs
    Adorei Fê.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  13. acho que todo mundo devia saber

    http://phalto.blogspot.com.br/

    Beijo

    ResponderEliminar
  14. Olá, querida Fê!
    Oxalá nunca precisemos de tais defesas!
    Bjm fraternal

    ResponderEliminar
  15. :) eu lembro-me da revista, tínhamos algumas antigas em casa dos meus pais e se é a mesma em que estou a pensar contavam histórias com fotografias (foto-novelas) e eu começava a seguir a história e depois faltava o número com o final :)
    um beijinho

    ResponderEliminar
  16. Cara Fê, eu não sou voluntário... não entendo nada de técnicas de auto-defesa, mas acho que era importante todos nós sabermos minimamente fazer a nossa defesa. Nunca sabemos quando vamos precisar. No meu caso ou fujo, ou levo. Não há outra opção.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  17. Há homens que bem precisam desses golpes...
    Bom fim de semana, amiga Fernanda.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  18. Desta vez vim cá ter por indicação do nosso amigo, António! Muito bem! aprender a defender-se é fundamental! Há homens para tudo, infelizmente e como é o sexo forte, fisicamente... a grande maioria das mulheres devia aprender esses truques.

    Beijinho, Fernanda Maria!

    ResponderEliminar
  19. Em minha casa fazia-se coleção desta crónica e tinha artigos bem interessantes.
    Gostava de ter ainda esses exemplares. Sei que os há para comprar, no OLX :))) mas não seria a mesma coisa.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Lembro-me tão bem dessa revista.
    É tão importante sabermos alguns truques de defesa pessoal.
    Bom domingo e uma excelente semana.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  21. A melhor opção no que diz respeito às defesa será andar sem carteira, jóias e calçado confortável.
    Crónica? Ouvi mas não conheço.

    Bj, Fernanda.

    ResponderEliminar
  22. Ainda me lembro da minha mãe comprar essa revista, no início dos anos 80... Bons tempos!...
    Pois haverá técnicas... que não passarão de moda... o jeito, é mesmo experimentar com um amigo... :-D
    Mas... mas... kadé eles... numa hora destas?... :-D
    Grata por me fazer reviver bons tempos, com este post...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  23. Nunca me envolvi nestas técnicas. Faz falta sim todas as mulheres aprenderem estas defesas.
    Posso ser um voluntário desde que seja só simulado.
    Boas defesas.
    Bjs

    ResponderEliminar
  24. Como não consegui comentar em cima, vim comentar aqui, gostei muito do poema e da imagem.
    um beijinho e uma boa semana

    Gábi

    ResponderEliminar
  25. Olá Fê , és minha seguidora e não posso entrar no seu blog, não tenho permissão, Que gostosura ouvir Toquinho, essa música é demais.
    Bjs amiga

    ResponderEliminar
  26. Estou fora como voluntário! A parte mais sensível do corpo humano depois do bolso, é o que foi apelidado de virilha e de menos força, o dedo polegar - pegando o polegar e deslocando há êxito em algumas defesas. Grande abraço. Laerte.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

o melhor lugar para tocar alguém será sempre o coração.

obrigada por estarem desse lado.

bem-vindos !

Os tempos actuais não têm sido fáceis em todo o mundo, mas é importante lembrar que mesmo no meio de tantas notícias tristes, sempre encontramos actos de solidariedade, bondade e amor ao próximo. Por isso, escolhi esta canção com votos de esperança num mundo melhor.